Meggadig supera meta no Rio de Janeiro

A Meggadig, empresa do Grupo Megga voltada ao setor de máquinas para construção, comemora a marca de 60 equipamentos vendidos no estado do Rio de Janeiro em apenas cinco meses. O número supera a meta prevista para todo o ano de 2011 na região, permitindo projetar o dobro das vendas até dezembro.

Com filial inaugurada oficialmente em maio deste ano, a Meggadig representa a Lonking. Para comemorar o desempenho da empresa, a Meggadig irá receber os clientes cariocas em um café da manhã, no dia 23 de setembro, na sede da filial, no bairro do Caju, onde fará o lançamento de uma retroescavadeira de 7.200 kg no mercado fluminense.

“Estamos felizes com a aceitação dos nossos equipamentos e queremos compartilhar este sucesso com os clientes”, diz Alexandre Fernandes, gerente comercial da Meggadig Rio.

Segundo Fernandes, o mercado do Rio de Janeiro está aquecido devido às obras previstas para os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo, além de outros projetos de infraestrutura. “O Brasil deverá consumir em torno de 24 mil máquinas este ano, um crescimento de 20% em relação a 2010. O Rio de Janeiro, sozinho, deverá responder por 9% desta demanda”, prevê.

A qualidade da máquina Lonking é outro ponto importante para compreender a velocidade da expansão da Meggadig: elas são fabricadas com componentes internacionais, feitos nos Estados Unidos, Europa e Japão. As escavadeiras, por exemplo, têm motor Cummins e bomba Kawasaki.

De acordo com a empresa, as normas de segurança são observadas em todos os equipamentos, incluindo ar-condicionado nas cabines e tecnologia Rops/Fops. “Essa tecnologia protege o operador de eventuais tombamentos, aumentando a segurança da operação”, explica o gerente da Meggadig Rio.

Estrategicamente localizada na Avenida Brasil, 2306, entre as linhas Vermelha e Amarela, a filial carioca da Meggadig abriga o departamento comercial, vendas de peças, técnicos de manutenção e o show-Room. O catálogo inclui três tipos de escavadeiras hidráulicas: CDM 6225,de 21 toneladas, modelo que representa 60% do consumo nacional de máquinas para construção; CDM 6150 de 14 toneladas e CDM 6065 de 6,5 toneladas.

A linha de pás carregadeiras inclui os modelos, CDM 816 sobre rodas, com motor a diesel de 4 cilindros e caçamba de 1,2 m³, que suporta carga útil de 1.600 kg; além do CDM 835E, de 11,600 kg e caçamba de 1,8 m³ – modelo mais demandado no Brasil, e a mais robusta CDM 856, com caçamba de 3,0 m³.

A linha inclui ainda o rolo compactador CDM512D monocilíndrico, com rolos vibratórios, cabine panorâmica, ar-condicionado e luzes dianteira e traseira para operações noturnas. “Com estas máquinas, mais a retroescavadeira, estamos aptos a atender todas as necessidades do mercado de construção brasileiro”, afirma Alexandre Fernandes.

 

 
    Translate to: